O que faz mal sabe sempre bem, por isso, toma lá uma taxa

butter

A Dinamarca terá passado a ser o primeiro país onde existe uma taxa que incide sobre os alimentos que mais contribuem para o aumento de massa gorda na população, entre eles, manteiga, leite, queijo, pizza, carne, óleo, azeite e alimentos processados. Em concreto, são todos os alimentos que contiverem mais de 2,3% de gordura saturada. Como exemplo, refere-se que um pacote de 250g de manteiga sofrerá um aumento de mais de 14%, enquanto o litro do azeite custará 7% a mais. E o que fizeram muitos dinamarqueses na véspera desta medida entrar em vigor? Cruzaram a fronteira com a Alemanha e atestaram as suas casas com todos os produtos ‘pró-gordura’ que encontraram pela frente.

Será esta uma medida razoável? Parte da comunidade científica defende que a gordura saturada não é necessariamente o maior inimigo da silhueta. Alguns especialistas referem que mais nocivo é o excesso de sal, de açúcar e de hidratos de carbono refinados, presentes em alimentos como o arroz e o pão branco, massas, biscoitos, bolachas e outros feitos a partir de farinha de trigo refinada.

E nós? Quanto tempo vai passar até apanharmos com uma medida semelhante? Se o Gasparzinho souber disto …

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Alimentos, Gordura, Obesidade, Saúde com as etiquetas , , , . ligação permanente.

5 respostas a O que faz mal sabe sempre bem, por isso, toma lá uma taxa

  1. Pirate diz:

    Vamos apanhar não tarda, mas com uma taxa “mais abrangente” de IVA que vai onerar os bens que agora são taxados com uma taxa de IVA reduzida ou intermédia, para compensar a polémica descida da TSU. A única esperança é a medida de desvalorização fiscal consubstanciada na descida da TSU, não ir avante. A polémica está instalada e a troika – que queria implementar esta medida, usando Portugal como cobaia, pois nunca foi tentada até à data – parece estar a recuar, pelo menos estrategicamente…Se assim não for e se a descida da TSU for mesmo avante, haverá agravamento dos impostos indirectos por via da referida subida de IVA.
    Se for esse o caso, suplantaremos por certo o “fervor dinamarquês” em prol da saúde dos seus cidadãos…

    • Pirate, para já, tenho a ideia que a intenção será de recuar na descida da TSU, pois o governo fez as contas e percebeu que seria impossível arranjar forma de compensar essa descida. Utópico mesmo o valor que chegou a ser sugerido pela Troika quando mencionou 8 ou 8,5%.

  2. Sou completamente contra! Não passa de uma forma de aumentar os preços! E encher os bolsos dos do costume! Então devemos ser penalizados por darmos manteiga aos nossos filhos? AZEITE??? Leite? Queijo??? Por amor da santa! Em vez de se gastar em medidas educativas e de formação… Só a mudança de mentalidade pode gerar a mudança de comportamento! Jamais se deixarão de comer torresmos e batatas fritas com taxas! Uma alimentação correcta deve ser equilibrada. Saber dosear os alimentos é a chave. E não é com taxas que o povo aprende a comer melhor, tenho a mais profunda convicção ao ponto de arriscar dizer que tenho a certeza que medidas dessas não alteram em nada os hábitos alimentares das pessoas e… era mesmo esse o objectivo, uma melhoria na alimentação das pessoas, era não era?…. ou não ?

    • Ana, uma taxa que incide, como bem menciona, sobre produtos essenciais. Estava a pensar nas campanhas do Banco Alimentar Contra a Fome, quando no saquinho que dão às pessoas, vem lá expresso o Azeite ou o Leite. Mas alguém quer saber da gordura? As pessoas têm é fome. E assim se arranjava forma de acabar com a generosidade das pessoas. Isto é um absurdo. Só que a Dinamarca avançou com uma coisa absurda. Esperemos pois que a restante Europa não se alie ao absurdo

  3. Cá está. Agora é a Inglaterra que já equaciona a plicação de uma taxa deste género. Ler aqui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s