Lesões (I)

Joelho Lesão Menisco Exterior

(Nota de Redacção: O autor deste espaço salienta, para acalmar todos os leitores, que caso tenha uma lesão na virilha, não irá publicar foto a indicar o local exacto da lesão)

A tal dor, que me acompanhou durante esta prova, localiza-se numa zona que se extende ao longo da face exterior do joelho esquerdo, sendo mais intensa precisamente ali onde está a bola vermelha. Antes que pergunte, eu respondo: rapei aquela zona para ajudar a colar uns emplastros de Fluribrufeno que usei nos 2 dias antes da prova. Como nas questões de saúde eu nunca facilito, ontem houve ida ao ortopedista. Muito simpático. Nem me ‘bateu na cabeça’ pelo facto de eu ter a dor na véspera da prova e ter arriscado a corrê-la. Agarrou-me na perna, esticou-a, torçeu-a, virou-a e eu sempre a dizer que assim não me doía, “É mais quando estou de pé e aplico força sobre aquela zona, Sr. Dr.”. Em resumo, apresentou-me 2 cenários:

Cenário A: Será apenas uma inflamação naquela zona, que precisará de alguns dias para recuperar. Tomar um anti-inflamatório durante 7 dias (1 comp. por dia) e ir massajando 2 vezes ao dia com Voltaren. Ao fim desse tempo, se tudo correr bem, poderei voltar a correr. Até lá, posso ir nadando.

Cenário B: Se ao fim de 7 dias se mantiver a dor ou voltar a aparecer, então, fazer uma RM e ir à consulta. Nessa situação, hipoteticamente, poderá ser uma lesão no menisco exterior, uma pincelada que só se resolve por cirurgia.

Nem me passa pela cabeça que possa ser  a pior hipótese. Na consulta, quando o médico me pediu para agachar, eu fiz isso sem sentir qualquer dor. E creio que na lesão do menisco, não se consegue fazer esse movimento. Na 2ª Feira, um dia depois da corrida, eu coxeava e custava-me muito subir ou descer escadas, custando também a andar pela dor sentida naquele local. Hoje de manhã fui nadar e já ando normalmente. Vamos lá ver. Só sei é que na mesma 2ª Feira, quando ia para casa a lamentar-me do joelho e depois de ter corrido 21Km, olhei para a pista de atletismo e só me apeteceu estar ali a treinar.

Esta entrada foi publicada em Dor, Lesão com as etiquetas , . ligação permanente.

11 respostas a Lesões (I)

  1. A minha opinião é não nadar enquanto a dor não passar totalmente, mas é só uma opinião.
    Abraço

    • 🙂 E eu sei que é uma boa opinião. O problema é que eu estou há 7 dias sem correr e já estou desorientado com isto. Pelo sim, pelo não, devia estar sem fazer nada. Mas foi mais forte que eu e não resisti a ir à natação. Ainda tenho uma ligeira impressão naquele sítio, mas sinto que não piorei ao ir nadar. O senão é que suspeito que quando tentar dar uns passos de corrida isto vá dar de novo sinal. Acho que não vou escapar de fazre a RM

  2. João Lima diz:

    O desejo de rápida recuperação!

  3. Pingback: 21.ª Escalada do Serro São Miguel – Fotos | Ma Ke Jeto, Mosso on Sports

  4. Ganfas diz:

    Boas Luís, como está esse joelho?

    Abraço

    • Bem … a “impressão” está cá. Ou seja, eu ando, mexo-me e não me dói. Mas sinto que se começar a correr, isto é bem capaz de me ficar a doer. Aliás, a “impressão” já nem está bem naquele sítio, mas um pouco abaixo. Hoje vou ao ginásio e vou voltar a fazer máquinas de pernas para ver como isto fica. Na 6ª Feira, quando voltar ao ginásio, vou correr na passadeira para ver se isto está em condições de voltar a correr, por pouco que seja, noutros pisos

  5. Pingback: Eu bem tentei, mas a coisa está lá a chatear-me | Ma Ke Jeto, Mosso on Sports

  6. Pingback: Desabafos musculares | Ma Ke Jeto, Mosso on Sports

  7. Nuno diz:

    Boas, sei que já passou algum tempo, mas mesmo por isso estou a perguntar como ficou essa lesão? É que neste momento estou precisamente com a mesma dor descrita.
    Obrigado.

    • Bom dia Nuno. Esta lesão acabou por passar com paragem prolongada nas corridas, cerca de um mês. Depois disso, no final de Abril fiz rotura ´nos gémeos da perna esquerda e estive mais um tempo parado. A meio de Agosto, a tentar voltar a sério às corridas, comecei a sentir dor ali naquele ponto e, após ida ao ortopedista, foi-me diagnosticado o tal síndroma da banda iliotibial. Dessa vez fiz fisioterapia e o tempo de paragem terá sido de apenas 2 semanas. Finalmente, depois disso tudo, nunca mais tive problemas.
      Hoje em dia faço assim: antes de correr aqueco de forma dinâmica. Nada de alongamentos estáticos. Depois de correr, assim que possível, tento fazer um bom conjunto de alongamentos. Em particular, uns que são indicados para evitar esta síndrome. Ler os posts que escrevi sobre esta segunda lesão. Nos comentários está lá um vídeo.
      LINK 1 e LINK 2
      A isto também somei a compra de um “Foam Roller”, por cerca de 15€ (creio). Um tubo de espuma onde se podem fazer muitos exercícios de alongamento e massagem. Há um específico para alongar a banda iliotibial. Aconselho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s