Combustível para a máquina II

Já se sabe que sem combustível a máquina não anda. Aqui, uma sugestão de leitura sobre esta matéria: “O atleta com deficit energético motivado por uma alimentação desadequada, fica diminuído no seu rendimento físico e técnico. Também a saúde do próprio desportista pode ser afectada severamente por uma dieta errada. Por exemplo, ingestão insuficiente de hidratos de carbono diminui as nossas defesas quando o treino aumenta significativamente de intensidade;”.

Cá por casa há quem tenha potencial para concorrer a um Master Chef. Por isso, sorte de quem pode ir saboreando os pitéus que vão sendo feitos. Entre muitas maravilhas gastronómicas, fica a sugestão de dois pratos para todos os desportistas com grande consumo de calorias.

Estas e outras receitas de grandes pitéus em “Na Cozinha da Cady

Salada de Atum com Molho de Iogurte Grego

Ingredientes (para 2 pessoas):

– 150 gr de massa fussili ou penne;

– 2 latas de atum;

– 2 tomates;

– 1 lata de milho cozido;

– 1 cenoura;

– algumas folhas verdes (por exemplo alface, rúcula);

– queijo feta, cortado aos cubos, q.b.;

– amêndoas, q.b.;

– folhas de manjericão, q.b..

Para o molho:

– 1 iogurte grego não açucarado;

– 1 colher de sopa de azeite;

– sal, pimenta e orégãos, q.b.

Coze-se a massa, conforme indicações da embalagem. Escorre-se e passa-se por água corrente, até arrefecer. Rala-se a cenoura.
Numa saladeira, juntar a massa, a cenoura, o milho escorrido, o tomate cortado aos bocadinhos, as latas de atum escorrido. Finalizar com as amêndoas, o queijo e as folhas de manjericão. Envolver.

Para o molho, misturar ao iogurte, a colher de azeite e temperar com sal fino, pimenta e orégãos. Servir o molho, à parte, consoante o gosto de cada um.

Penne com Salmão

Ingredientes (para 2 pessoas):

– 2 lombos de salmão;

– 1 cougerte;

– 1 cenoura;

– 1/2 cebola;

– 250 gr de polpa de tomate;

– 30 gr de azeite;

– 250 gr de penne;

– queijo parmesão em lascas, q.b.;

– sal, limão, pimenta e manjericão, q.b.;

Preparação:

Cortar os lombos em cubos pequenos e temperar com sal, pimenta e sumo de limão. Reservar.

Numa frigideira, colocar o azeite, a cebola cortada fininha, a courgete e a cenoura, cortadas em cubos pequenos e temperar com sal. Deixar alourar por alguns minutos. Juntar o salmão, envolvendo tudo muito bem, mas com cuidado, para que o mesmo não se desfaça. Se o refogado ficar muito seco, deitar um pouco de vinho branco. Quando o salmão estiver praticamente cozinhado, deitar a polpa de tomate, misturando com os restantes ingredientes. Quando o refogado estiver bem apurado, retirar do lume e reservar.

Cozer a massa, conforme indicações da embalagem.

Num prato, preferencialmente fundo, colocar a massa e dipor por cima o refogado do salmão com os restantes legumes. Distribuir as lascas de queijo e as folhas de manjericão (em vez do manjericão fresco, também se pode polvilhar com manjericão seco… fica igualmente bom!) e está pronto…

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Alimentos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s