Ao fim de 15 sessões

unnamed

Ontem foi a 14ª sessão de fisioterapia e dia de ir à consulta. Em resumo, a história do tratamento foi esta: Até à 7ª sessão fiz Ultrassons; Massagem Profunda; Laser e Calor Húmido (desculpem se os termos não estiverem corretos). A questão é que eu não me estava a sentir melhor. Pelo contrário. Parecia que sessão após sessão a coisa piorava. E assim, antes de começar a 8ª sessão expliquei as minhas queixas à fisioterapeuta. Ela reparou também que a perna esquerda estava um pouco inchada. Sendo assim, decidiu retirar o Calor Húmido. Na 8ª sessão fiz Ultrassons; Massagem Ligeira; Laser e Gelo. Na 9ª e 10ª sessão fiz Ultrassons; Massagem Ligeira e Laser.

E aqui já tinham passado 2 semanas desde o início dos tratamentos. Durante este período fiz sempre natação, 5 vezes por semana, incluindo alguns treinos com batimentos de pés com barbatanas, sem que daí tenham resultado queixas. Passou-se o fim-de-semana em total descanso e dei início à última semana de tratamento com Ultrassons; Massagem Profunda e Laser. Desta vez, os dois polegares da terapeuta faziam bastante pressão sobre a zona onde tinha sido identificada a fibrose e … apenas uma ligeira dor perfeitamente suportável, a qual se resumiu a desconforto no final da semana. No final de cada sessão a perna ficava dorida, mas depois, com um treino na piscina, tudo parecia estar normal.

Ontem fui à consulta. O médico, perante o desenvolvimento dos tratamentos, achou que tudo teria voltado ao lugar. Eventualmente poderia fazer mais uma ecografia, mas achou que não seria necessário. Que eu recomeçasse com a minha vidinha desportiva com muita calma. Li que:

Activities that utilize the calf muscle, but don’t stretch it to its full length are great exercises to work on while recovering from a gastroc/soleus (calf) muscle tear. A great example is biking – a stationary bike would be best.

Pois é isso que vou fazer, procurando terrenos mais planos onde não tenha de exigir muito dos gémeos a pedalar. O Julho está quase a acabar e o Agosto tem o senão da piscina e da pista de atletismo estarem fechados. Sendo assim devo fazer como no ano passado e irei para o ginásio. Poderei fazer muitos alongamentos, reforçar o Core, reforçar os músculos do tronco para não perder o efeito dos treinos de natação e poderei, aos poucos, ir correndo na passadeira. Tudo isto para ver se em Setembro já consigo ir correndo de forma normal, sem limitações de qualquer espécie.

Esta entrada foi publicada em Fisioterapia, Lesão com as etiquetas , . ligação permanente.

Uma resposta a Ao fim de 15 sessões

  1. João Lima diz:

    Força para um regresso em grande!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s