Decisões …

Nova imagem (28)

Este ano, consequência da crise e ainda no rescaldo de 2 meses de paragem total nos treinos, tinha decidido não ir à “23ª Meia Maratona de Lisboa”. Não tinha boleia e não tinha hipótese de ir de véspera. Mas entretanto, surgiu uma vaga num autocarro com saída de Faro às 5:00. Nesse cenário, com hipótese de dormitar na ida e vinda, sem preocupação de ir a conduzir e sem gastos adicionais, decidi avançar com a inscrição. Afinal, em termos de corrida, este era um dos poucos eventos fora do Algarve onde eu costumo ir.

Inscrição feita, a questão seguinte era arranjar a preparação e forma física que parecia ter desaparecido num buraco muito fundo. As 4 últimas semanas tiveram o seguinte volume de horas de corrida: 8h; 28h; 33h; 37h. Para fazer 21Km talvez fosse suficiente, mas importa salientar que o treino maior foi de 12Km a ritmo lento. Nem um treino de 90min. E passar de treinos de 10Km para uma prova com 21km não me pareceu boa ideia, sobretudo tendo em conta que as lesões do passado me mostraram que as pernas não são muito resistentes, nem gostam muito de grandes distâncias. Pior, passar de treinos 10Km feitos em piso misto para 21Km feitos apenas em alcatrão.

À sensação de falta de preparação para uma distância grande em alcatrão, somou-se um outro problema que surgiu no Domingo do trail em Tavira. Uma dor na sola do pé direito, no lado interior, junto à ‘batata’ do primeiro metatarso. Uma dor que surge ao caminhar, mas que não me impediu de correr na semana seguinte a esse evento. Aliás, a correr não me dói. Mas este Domingo, após fazer 12Km em terra batida, a dor lá surgiu mais forte na fase de descanso, quando vinha a conduzir para casa. Fiz gelo, elevei o pé e a ‘coisa’ acalmou, mas não desapareceu. A andar continuo a sentir desconforto. Se tinha dúvidas em relação a ir à prova em Lisboa por causa da preparação, com esta dor a teimar em não desaparecer, passou a haver certeza quanto à não comparência.

A curto prazo tenho 2 prioridades em termos de provas: o triatlo de Quarteira (7 de Abril) e o triatlo Iberman, na distância média (11 de Maio). Na primeira terei de correr 5Km tão rápido quanto conseguir e tentar bater o meu record dos 5Km, obtido em 2012 nessa prova: 00:23:45. No caso do Iberman, terei de correr 21Km repartidos da seguinte forma: 2Km em alcatrão + 15Km em terra batida + 4Km na areia da praia. Aí, o tempo e a velocidade será secundário. Importante mesmo será chegar ao fim depois de ter nadado 1,9Km e pedalado 100Km. Com ainda cerca de 8 semanas de treino, irei certamente conseguir uma preparação adequada para a prova de 11 de Maio. Mais do que teria agora para enfrentar esta meia maratona no próximo Domingo.

Não são decisões fáceis de tomar, sobretudo porque a inscrição foi feita e gastou-se dinheiro numa altura em que o mesmo não abunda. Isso e o facto de não morar numa zona onde quase todos os fins-de-semana ocorrem provas de 10km ou várias meias maratonas ao longo do ano. Custa. Mas custa mais poder agravar uma lesão pé e ficar sem poder ir aos dois eventos que já referi. Mas ganho uma T-Shirt técnica, num azul bonito. Nem tudo se perde Sorriso

Esta entrada foi publicada em Corrida, Desabafo, Lisboa, Meia Maratona com as etiquetas , , , . ligação permanente.

13 respostas a Decisões …

  1. Lénia diz:

    Sendo o teu objectivo principal a prova de 11 de Maio (tal como eu) e não querendo correr riscos de lesão que possam prejudicar o teu desempenho nas próximas semanas de treino, acho que fazes bem. Eu ando a seguir essa linha de raciocínio. Neste momento não quero fazer nada que me impeça de continuar a treinar. Perdes o divertimento de lá estar, mas é só isso. Nesse domingo podes aproveitar esse dia e fazer um treino de qualidade, corrida ou não. Take it easy e depois logo te conto como foi a minha experiência.

    • Obrigado Lénia. A hipótese de ir num autocarro estava a agradar-me. Poderia dar para descansar pelo caminho e não haveria um desgraçado a ter conduzir depois de correr. Depois é toda a festa e divertimento que estão sempre associados a estas provas. Mas o 11 de Maio tem muito peso nesta decisão. São várias semanas de treino com volume e intensidade que não se podem perder por uma má decisão. Assim, se não houver novidades, faço mais um treino longo e será mais um pequeno passo para o Iberman 🙂 E tú, corre em grande nível e verás que bates o teu record. Força!

  2. Anónimo diz:

    “…As 4 últimas semanas tiveram o seguinte volume de horas de corrida: 8h; 28h; 33h; 37h…”
    explica lá isso, que não estou a perceber!? e mesmo assim não vais???
    as melhoras!

    • 🙂 P.e., na semana de 33km foram 10Km alcatrão + 8Km pista + 15Km trail (onde arranjei a dor no pé). Na semana de 37Km foram 8Km pista + 6Km alcatrão + 12Km alcatrão + 11Km terra batida. Ok, até podia haver volume para fazer os 21Km, mas não teria havido treinos longos de 90min ou 15Km como fiz de preparação para outras meias-maratonas onde estive presente. Vinha depois a questão do ritmo. Fazer 21Km a que ritmo? A 6:00min/Km ou a 5:15min/Km (que não conseguiria)? É que para fazer a 6:00min/Km, mais vale fazer um treino numa distância mais curta. Mas como diz a Lénia, estar ali é também pela festa e pelo divertimento. E se tivesse que ser a 6:00min/Km, fazia-se assim. O que eu não quero mesmo é poder agravar a dor no pé. Aliás, esta 5ª Feira já está marcada consulta no ortopedista. Eu nunca fui de enfiar Voltarenes para mascarar problemas

  3. Ricardo diz:

    Em relação à dor no pé, tive exactamente a mesma coisa em Dezembro e só me passou em meados de Janeiro (mas em grande parte foi por mea culpa, pois nas 1ªs semanas foi só o “deixa andar que deve passar”).
    Experimenta fazer isto: mete o pé num alguidar com água bem quente e junta sal grosso, depois deixa de molho uns 15/20min e repete a coisa sempre que poderes (o ideal é umas 3 vezes ao dia). Ou então, se tiveres um saco de água quente, faz a mesma coisa mas menos o sal e repete o máximo de vezes que conseguires ao longo do dia.
    Depois, faz uma massagem bem forte na zona, e se for como eu, em cerca de 2 semanas a dor deve passar.

    Algo que não recomendo de todo, e até já deixei de usar quando tenho alguma dor ou lesão, é gelo.

    Abraço e boa recuperação

    • Obrigado Ricardo. Nestas coisas é sempre essa dúvida que tenho: gelo ou calor? Eu coloquei gelo no Domingo passado, além de também ter posto o pé de molho, durante 5min, em água gelada. Não piorou com isso e até aliviou. Mas a verdade é que ao andar o desconforto continua aqui. Na semana passada, como não tive qualquer queixa ao correr, fiz vários treinos. Só me doía no dia seguinet a andar. O receio é que possa estar a prejudicar isto ao insistir na corrida.

  4. João Lima diz:

    É pena! Força para a recuperação e para o objectivo

  5. Joao rita diz:

    O gelo deve ser aplicado sempre nas 48h assim que surge a lesão varias vezes ao dia. Só depois é que se deve aplicar o quente /frio. No teu caso massaja essa parte do pé com uma bola de golfe(pressiona a bola rolando no chão).Não corras durante uma semana e subtitui pelo deep running( Correr dentro de agua em suspensão) se tiveres umas caneleiras utiliza-as e faz farteleck.

  6. Joao rita diz:

    Não. Nestes 8 dias em que não correres faz o fartlek ( se tiveres caneleiras utiliza-as) dentro de agua , o chamado deep running. Depois retoma a corrida com calma ( nada de alcatrão) para sentires se a dor continua ou não
    https://www.google.pt/search?q=deep+running&hl=pt-BR&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=rZlIUfagBMLm7Ab9wIGoCw&ved=0CDAQsAQ&biw=1006&bih=549

  7. Acho que tomaste a decisão mais sensata e dia 11 de Maio, aqui terás mais um fã a torcer por uma grande prova!

    Um abraço

  8. Pingback: A tal dor na planta do pé. Não há coincidências? | Ma Ke Jeto, Mosso on Sports

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s