As corridas noturnas das 6ª Feira de Agosto

DSC04250

Eu e os 9 estreantes nestas corridas/treinos/convívios (CTC)

A ideia é simples: durante este mês de Agosto – depois logo se vê – vão-se realizar à 6ª Feira à noite, com início às 21:30, eventos de corrida designados por corridas/treinos/convívios, ou CTC para ser mais fácil. O objectivo é fazer treinos em locais diferentes todas as semanas, p.e., uma subida ao Cerro de São Miguel ou uma corrida na praia. E insisto na designação corridas/treinos/convívios para que não haja dúvidas no objectivo destes eventos que juntam corredores para todos os ritmos. Não se quer que os mais lentos caiam para o lado a tentar seguir um ritmo que não são capazes ou estão habituados, tal como não se pretende que os mais rápidos adormeçam ou se sintam desmotivados por correrem a um ritmo demasiado lento para eles. Se possível, todos vão correr ao mesmo ritmo, sendo este marcado pelos corredores mais lentos. Senão, os mais rápidos seguem à frente e os mais lentos seguem ao seu ritmo. Fundamental, ou regra de ouro nestes eventos, é que ninguém irá correr sozinho. O mais lento terá sempre alguém junto de si. Depois é aproveitar a oportunidade de correr em locais onde normalmente não se iria sozinho, ou se calhar, nem pensaríamos em treinar.

O primeiro evento foi a 9 de Agosto, num trajecto ida e volta entre Pedras Del Rei e a ilha de Tavira (os dados no Garmin), com cerca de 12Km no total. Houve 10 estreantes neste evento, tendo-se formado 2 grupos. O grupo mais lento andou a ritmo médio de 5:40min/km. Este trajecto foi planeado para aquela data para aproveitar a grande amplitude de marés, em particular, a maré vazia que teria amplitude máxima por volta da 21:50. E tudo bateu certo. Depois de corrermos ao longo do estreito caminho de cimento que segue a linha de comboio até à praia, fomos finalmente brindados com uma fantástica pista de atletismo, tendo a areia a consistência ideal na maior parte do trajecto. E como se isso fosse pouco, somava-se o bafo quente e húmido que se fazia sentir nessa noite, e o som da rebentação do mar mesmo ali ao lado. Há momentos mágicos, inspiradores, como aquele que estava a ser vivido por 10 corredores que não precisaram arranjar grandes argumentos para se equipar e ir correr à noite. E a cereja no topo do bolo: no final da praia, junto ao molhe da ilha de Tavira, os dois grupos juntaram-se e todos desligaram as luzes que levavam na cabeça ou na mão, permitindo contemplar o céu repleto de estrelas, coisa que não se consegue ver na cidade. Lindo.

Já me esquecia de referir a iluminação artificial, obrigatória nestes eventos. Eu tinha comprado numa loja de chineses, um foco dos que se levam na cabeça, com um custo unitário a rondar os 5€. É alimentado com 3 pilhas e ilumina com grande potência. Aguentou uma corrida e estou agora à espera de ver qual a sua autonomia total. Mas tendo em conta o seu valor unitário, aconselho a sua aquisição a todos os que pretenderem correr à noite em locais sem iluminação.

O próximo evento será esta 6ª Feira, 16 de Agosto, num trajecto ida e volta de 12Km entre Moncarapacho e o alto do Cerro de São Miguel. Para os dias 23 (onde estará Lua Cheia) e 30, ainda não há trajecto oficial. Quem quiser aparecer basta juntar-se ao grupo no Facebook “Corridas à 6ª Feira” para poder acompanhar todas as novidades e inscrever-se para os próximos eventos. Apareçam.

Esta entrada foi publicada em Corrida, Divulgação com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s