A semana que passou … 11.11.2013 – 17.11.2013

2ª Feira ZZZ
3ª Feira ZZZ
4ª Feira Natação – 4 x 300m (#1 L, #2 L c/ Pull Buoy, #3 C, #4 B) + 6 x 50 L c/ Palas @1:00 (25 Ráp/25 Lento) r15’’ + 5 x 100 L c/ Palas @2:00 (50 Ráp/50 Lento) r15’’ + 4 x 200 L c/ Palas @4:00 (100 Ráp/100 Lento) r15’’ + 200m E. Total: 3000.
5ª Feira ZZZ
6ª Feira Natação – 3 x 300m (#1 L, #2 L c/ Pull Buoy, #3 C) + 6 x 50 (Sailboat; Catch-up; Fist) + 100/200/300/400/300/200/100 @2:00/100 r30’’ + 100m C + 100m B. Total: 3000.
Sábado Corrida (Garmin) – A fisioterapeuta disse que eu devia experimentar correr, que nestas coisas não é da opinião de se parar. Receoso e desconfiado lá decidi tentar correr uns 30min. Durante 2km achei que podia ficar a correr ali durante a tarde toda. Mas depois disso foram 4km com o tendão a fazer-me lembrar que continua inflamado. Não fiquei a coxear, mas com aquela zona assanhada. Há que ter paciência. Mas enquanto estive bem naqueles 2km, andei a correr a 4:50min/km com total descontração, como se isso fosse o ritmo normal. Fica a nota que no final deu ritmo médio de 5:14min/km e RCM de 143bpm.
Domingo ZZZ

Distância (Km)

Volume (h)

Natação

6.0

2:30:00

Ciclismo

0

0:00:00

Corrida

6

0:30:00

3:00:00

Valores no final da semana, medidos a 18.11.2013, 2ª Feira manhã

Peso : 80.7Kg / Gordura Corporal: 19.5%

Início da semana em fase depressiva. Um dos problemas das lesões, tentar contrariar o pessimismo e a vontade de fazer nada. Por um lado dizemos que se não podemos correr, então, tentamos nadar e pedalar mais. O senão é que se torna fácil encontrar desculpas e acabamos por fazer nada. Era lesão, era uma espécie de constipação que não piorava nem melhorava e lá foram 2 dias de treino ao ar. Na 3ª Feira fiz a ecografia e constatou-se não haver qualquer rotura, mas sim, tendinite ou inflamação. Fiz mais duas sessões de fisioterapia, através das quais senti posterior melhoria. O entrave é não haver possibilidade financeira para manter essas sessões. Agora, a necessidade de umas 10 sessões de fisioterapia, passa pela clínica onde existe acordo com o seguro. Amanhã será dia de consulta e espero que na 5ª Feira já esteja a iniciar os tratamentos. A fisioterapeuta é da opinião que não se deve parar de treinar. Reduzir o volume e a intensidade, sim, mas parar, não. Por isso, se eu não tinha rotura, devia tentar ir correr um pouco para ver como me sentia. E assim fiz no Sábado. Planeei ir correr 30min em terra batida. Fiz 1km a sentir-me lindamente, mais 1km a sentir algum desconforto, e mais 4km com o tendão a fazer-me lembrar que continua inflamado. Acabei a sentir-me pior. Fiz gelo, massagem e lá passei o resto da tarde a lamentar-me. No Domingo já estava melhor. Ou seja, a corrida não fez isto piorar muito, mas também não terá sido remédio. Falta falar do ciclismo, que estaria previsto fazer no Sábado, ou mesmo no Domingo, ou porque não, nos dois dias. Sábado baixou a temperatura, estava vento muito frio e a tal constipação que não aquece nem arrefece fez-me pensar que seria prudente não ir pedalar. E no Domingo, a achar que estaria o mesmo frio e com o tornozelo ainda a lamentar-se da esfrega do dia anterior, nem tive de ponderar muito para desistir de pedalar. Esta não está a ser uma boa fase nos treinos. Em relação ao peso, vá lá, tinha-se assustado com os 81.2kg da semana passada e já pensava que o processo de engorda seria incontrolável, face à redução dos treinos. Não foi o caso. Terminei a semana com 80.8kg e os mesmos 19.5% de gordura corporal. Ao menos isso.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Treino com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a A semana que passou … 11.11.2013 – 17.11.2013

  1. LUIS VIEGAS diz:

    Luis tu que estás lesionado não podes olhar em que está frio para ir pedalar(frio são os primeiros 15 minutos) agora há que fazia falta o rolo o clube não têm?
    Um amigo que não necessite neste momento.

    • Luis, tens toda a razão e acredita que eu também repito essa justificação para ir pedalar. Só que, quando estamos bem, tudo corre bem. Quando estamos mal, a mais pequena coisa serve de desculpa para parar. Só para ter uma ideia, o volume de treinos nas últimas 4 semanas: 07:50:00; 06:15:00; 5:15:00 (a da lesão); 03:00:00. É a pique.
      Os rolos fazem falta, fazem. Há pouco tempo estive mesmo para comprar uns, mas depois, resisti ao impulso, ponderei bem o investimento em causa e tive de desistir perante outras prioridades mais importantes que a prática do triatlo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s